domingo, 3 de outubro de 2010

Uma confissão a mais

Olhares, um longo abraço, adeus. Hoje me convenci de que a inquietude da minha alma a qual insistia em cutucar meus ombros durante o sono existia pois havia um forte porquê. Existia, porque não mais... desistiu. Durante o atempo – eu mesmo me perdia pelos caminhos do dia – em que fiz promessas e esperei cada fim de noite para mergulhar por voos livres em sonhos onde tudo podíamos eu toquei os pés no chão com cuidado para não te acordar. Será que podia ser ou podíamos ser? Mas espere, juntos já podíamos... Desculpe, há momentos em que me perco no que digo entre essas leves paradas que bruscamente me plantam com esta cara de bobo e fincam sussurros soturnos ao pé do ouvido. Tudo isso são manifestos sãos sobre ideias que me fluem e se atropelam desengonçadas, envergonhadas por existirem, serem. As ideias que me traziam você por muito perduraram, mas por ora cambiaram. Gambiarra. Intento por prazeres – de tê-los e oferecê-los sem acanhos – a que aspirei por rir, rir de novo e nem bem pensar em causa, tampouco em consequência que pudesse ter a razão de um não bem dito, confessei vontades sobre o teu colo. Vontade que tenho é de derramar palavras até o fim do nanquim e o desgaste da pena, mas uma pena que o maior desejo é de que este contar indizível seja indivisível a percorrer uma medida que sequer existe; atônito, atonal, até anormal. Como se não bastasse a dor súbita e encorajadora da partida, dou brecha para um adeus que de futuro apresentou-se presente e que dadivoso tornou-me mais sincero e entendedor de mim. Olhares, uma confissão a mais e silêncio. Eu não te encontro, eu não te conto, confesso, não mais.

10 comentários:

  1. porra, mas você arrebentou demais a boca do balão! gostei muito, agora sim, meu garoto!

    ResponderExcluir
  2. Mto bonito.. parabéns!!! Beijão!!!

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Adorei! Cada vez arrasando mais!!

    ResponderExcluir
  4. Adorei Marquinho! (Um ano tentando comentar..tava dando erro)
    Por favor, continue escrevendo! Está cada vez mais aprimorado.

    ResponderExcluir
  5. Eis aqui mais um trabalho teu a me inspirar! Muito bom, Marco! E assim você ruma em direção a excelência! Abraços fraternos!

    ResponderExcluir
  6. Perfeito!!! dá até pra viver as emoções de cada linha.... Divino rs só vc msmo!!!

    ResponderExcluir
  7. Lindo e emocionante como sempre! Parabéns mais uma vez pelo seu belo dom com as palavras!

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo! Parabéns, gostei de verdade!!

    ResponderExcluir